Últimas do Mundo "L"

7.6.10

Criançinha autista, por quê?



Estava sentada olhando para o chão fazendo movimentos lentos de bater palmas, quando minha amiga Jú olha a cena e solta a frase que me persegue até hoje: “Criançinha autista”, tendo em vista que na época tinha 17 anos e hoje tenho 21, sei que ela não falou em um tom depreciativo, e sim num tom de humor. Então resolvi analisar por que do adjetivo, já que como tudo na vida nada é por caso e o apelido grudou que nem porra no lençol.

Vamos as minhas descobertas:

*Veja explicação no final do post.

1-Características do “meu autismo”
Dificuldade em se relacionar com pessoas – Sou anti-social, não faço amizades com facilidade, para ser meu amigo você terá que se adaptar a mim e não eu a você(aceite isso).
Incapacidade de ter consciência dos outros – Muitas vezes eu fico com o status AUSENTE*, estou fora de mim, quando isso acontece você terá 1% de minha atenção, quando estou DISPONIVEL* você terá no Max 70% dela.
Contato visual difícil – Não olho nos olhos quando converso com alguém, não sei explicar o porquê, mas não gosto de me sentir observada.
Intolerância a contactos físicos – Não sou parede pra você se encostar, não sou cadeira para você se sentar, não sou travesseiro para você se deitar, quer se esfregar? Arrume uma namorada (o).
Uso de um dialeto próprio – Costumo criar palavras ou entonações diferentes para me expressar melhor.

Ex: Eixta boitcha = Eita bosta, Não estou com cara de rapariga = não estou vadia, txi amo = te amo, guddi = good;Também costumo dar acento as palavras ao pronunciá-las.ex: Búnda, Bóla, Pórra, Mérda...

2-Manias
Mastigar plásticos – Canudos, tampas de caneta e palito de pirulito.
Chupar dedo (só quando estou carente ou triste)
Riscar fósforo e sentir o cheiro.
Brincar com as mãos, fazendo movimentos circulares com o dedo.

3-Estou certa, você está errado (a)
Se digo que estou certa, estou certa.
Se você diz que está certo (a), você está errado (a).
Se você diz que estou errada, você está errado (a) porque eu estou certa.
Se digo que você está certo (a), é só para acabar a conversa, por que sei que estou certa e estou perdendo a paciência com você.

Vantagens de ser uma criançinha autista:
Não ser contrariada (o)
Todos te acharão fofinha (o)
Fale que nem criança e conseguirá tudo o que deseja (só funciona com C.A*)
Faça olhinhos de cachorro que caiu da mudança e receba amor e carinho.

Obs. Caso você, leitor, sentiu se familiarizado com algumas das coisas citadas acima, você acaba de descobrir que também é uma criançinha autista, fale para seus amigos e familiares de sua descoberta, assim eles podem começar a tratá-lo como tal.

Obs 2. Esse post não tem finalidades de deturpar a doença, e sim contar um fato que ocorre comigo e meus amigos, não confudam as coisas.
 
*Ausente – meu corpo está, mas minha mente ta longe
*Disponível – meu corpo está e minha mente está, mas minha atenção está dividida entre você e o mundo.
*C.A – Criançinha autista.

Deixe seu comentário

Postar um comentário