Últimas do Mundo "L"

25.5.10

Top 10 - Jogos mais viciantes

10. FarmVille
farmville1
Os games sociais estão na moda, e o FarmVille – o mais recente fenômeno do Facebook – não poderia ficar fora desta lista. Com mais de 80 milhões de usuários ativos, o jogo desenvolvido pela Zynga consiste em manter uma fazenda e fazer com que ela cresça. Para isso, o jogador precisa arar a terra, plantar, colher, cuidar de animais e até construir casas. Embora seja difícil acreditar que pessoas acordem durante a madrugada para “colher morangos”, é preciso reconhecer o sucesso do jogo.

9. Peggle
peggle-22
Desenvolvido em 2007 por Sukhbir Sidhu e Brian Rothstein, ambos programadores da PopCap, o jogo foi lançado primeiramente para Windows e Mac. Em seguida, ganhou versões para a Xbox Live Arcade, Nintendo DS, celular, iPod e iPhone. Sua popularidade fez com que fosse incorporado como um minigame dentro do World of Warcraft. O objetivo é acertar tiros nas bolas de cor laranja – nada muito complicado.
8. Super Mario World
smw
Um clássico. Super Mario World é, sem dúvida, um dos jogos mais viciantes de todos os tempos. Por causa de sua fama, o game ganhou duas adaptações: uma para Game Boy Advance e outra para o Wii Virtual Console. Seu lançamento oficial ocorreu em novembro de 1990, no Japão, e em 1991, nos Estados Unidos. Com mais de 20 milhões de cópias vendidas, Super Mario World se tornou o jogo mais famoso do Super Nintendo.
7. Bejeweled
bejeweled
O puzzle, desenvolvido pela PopCap em 2001, vendeu mais de 25 milhões de cópias e teve mais de 150 milhões de downloads. O game é simples: consiste em mover peças coloridas para montar trios da mesma cor. Tamanho sucesso fez com que o jogo ganhasse adaptações para celulares e videogames. Uma das principais influências de Bejeweled é o puzzle Shariki, desenvolvido pelo programador russo Eugene Alemzhinm, em 1988, para DOS.
6. PacMan
pac_man
Lançado para fliperama no início da década de 80, o PacMan não demorou muito para se tornar um ícone dos games – e evidentemente um dos títulos mais viciantes de todos os tempos. Inspirado em uma pizza, o jogo, desenvolvido por Toru Iwatani, da Namco, é atualmente tema de livros, estudos, teses etc. Apesar de todas as adaptações que o game ganhou desde que foi lançado, em 1981, sua versão mais famosa ainda é a desenvolvida para o videogame Atari.
5. Counter-Strike
counter-strike
O shooter (jogo de tiro em primeira pessoa), a mais popular modificação de Half-Life lançada em 2000, foi o principal responsável pela popularização das lan houses no Brasil. Seu suporte on-line permite que vários jogadores disputem partidas simultaneamente. Tamanho sucesso fez com que o Counter-Strike se tornasse uma das primeiras categorias oficiais de campeonatos de e-sport no país e no mundo.
4. Paciência
solitaire
Também conhecido como Solitaire, o jogo virtual de cartas de baralho ganhou popularidade graças ao sistema operacional Windows, da Microsoft. O game é uma adaptação do jogo real, muito apreciado no século XIX pelos franceses. Dizem por aí que até Napoleão Bonaparte foi adepto de Paciência durante o seu exílio na ilha de Santa Helena, território britânico.
3. World of Warcraft
world-of-warcraft
O MMORPG (game on-line massivo para milhares de jogadores) foi lançado pela Blizzard em 2004, como uma continuação de Warcraft. O jogo de fantasia é ambientado em um mundo fictício chamado Azeroth e, atualmente, tem uma base de 12 milhões de assinantes. Considerado um dos mais recentes fenômenos digitais, o título serviu como base para uma série de estudos acadêmicos e também influenciou especialistas a analisarem a economia que se desenvolve dentro do ambiente virtual.
2. Snake
snake
O “jogo da cobrinha”, que ganhou popularidade com os celulares Nokia, foi desenvolvido na década de 70. A primeira versão do game para computador, intitulada Worm, foi programada por P. Trefonas e documentada pela revista especializada CLOAD, em 1978. Em 1997, o Snake foi adaptado para uma plataforma móvel pelo engenheiro Taneli Armanto, da Nokia. A partir de então, o jogo passou a ser mais um item de fábrica, armazenado na memória de todos os celulares da empresa, o que contribuiu para o sucesso do título na década de 90.
1. Tetris
tetris
Não é preciso ser um gênio para eleger Tetris o jogo mais viciante de todos os tempos. Criado pelo russo Alexey Pajitnov, no início da década de 80, o puzzle ganhou milhares de adaptações e, atualmente, pode ser encontrado em qualquer site de games on-line ou em versões para consoles, portáteis, celulares ou aplicativos para iPhone. E o melhor: segundo uma pesquisa da Mind Research Network, realizada em 2009, jogar Tetris estimula o cérebro. O estudo afirmou que o game é capaz de causar alterações físicas duradouras na mente, o que ajuda a retardar o declínio do raciocínio.

Deixe seu comentário

Postar um comentário